como surguiu o presbiteriano

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

como surgiu o protestantismo




Protestantismo
 é um dos principais ramos (juntamente com a Igreja Católica e a Igreja Ortodoxa) do cristianismo. Este movimento iniciou-se na Europa Central no início do século XV como uma reação contra as doutrinas e práticas do catolicismo romano medieval.[1] Os protestantes também são conhecidos pelo nome de evangélicos.[2]
As doutrinas das inúmeras denominações protestantes variam, mas muitas incluem a justificaçãopor graça mediante a fé somente, conhecido como Sola fide, o sacerdócio de todos os crentes, e aBíblia como única regra em matéria de fé e ordem, conhecido como Sola scriptura.
No século XVI, seguidores de Martinho Lutero fundaram igrejas "evangélicas" na Alemanha e Escandinávia. As igrejas reformadas na Suíça e França foram fundadas por João Calvino e também por reformadores radicais como Ulrico ZuínglioThomas Cranmer reformou a Igreja da Inglaterra e depois John Knox fundou uma comunhão calvinista radical na Igreja da Escócia.
Os motivos para esse rompimento incluíram principalmente as práticas ilegítimas da Igreja Católica, além da divergência em relação a outros princípios católicos, como a adoração de imagens, o celibato, as missas em latim, a autoridade do Papa, entre outros.
Os protestantes defendem a crença de que a única autoridade a ser seguida é a Palavra de Deus, presente na Bíblia Sagrada. Desta forma, através da ação do Espírito Santo, os cristãos, ao lerem a Bíblia, têm uma maior harmonia com Deus. Por esse motivo, a partir da Reforma Protestante, a Bíblia foi traduzida para diversas línguas e distribuída sem restrições para as pessoas.
O luteranismo avançou, assim, aos poucos, pela Europa, criando raízes primeiramente na Alemanha, terra natal de Lutero. No ano de 1537, ele já tinha atingido a Dinamarca, a Suécia, a Noruega e a Islândia. Outro ex-sacerdote, Huldreich Zwingli, espalhou pela Suíça as sementes do Protestantismo, as quais deram logo frutos neste país. Já na França foi João Calvino quem semeou a nova doutrina – originando o Calvinismo, que prega a supremacia da palavra divina, a exaltação da fé e a predestinação, bem como a valorização do trabalho e das conquistas materiais -, que teve igualmente êxito na Escócia e nos Países Baixos. No Brasil o Protestantismo chegou através dos imigrantes, no século XIX, com os alemães, especialmente no Sul, onde eles edificaram, no ano de 1824, a Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil, e dos missionários, que aqui aportam por volta da segunda metade do mesmo século, em grande parte norte-americanos e europeus.
Protestantismo histórico - Esse grupo surge no Brasil de duas formas: uma decorre da imigração e a outra, do trabalho missionário. O protestantismo de imigração, forma-se na primeira metade do século XIX, com a chegada de imigrantes alemães ao Brasil, em especial à Região Sul, onde fundam, em 1824, a Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil. As igrejas do protestantismo de missão são instituídas no país na segunda metade do século XIX, por missionários norte-americanos vindos principalmente do sul dos Estados Unidos e por europeus. Em 1855, o escocês Robert Reid Kelley funda, no Rio de Janeiro, a Igreja Congregacional do Brasil. Segundo o Censo de 1991, os protestantes tradicionais são 3% da população brasileira e estão concentrados, em sua maioria, no sul do país. Nas últimas décadas, com exceção da Batista, as igrejas protestantes brasileiras ou estão estagnadas, apenas em crescimento vegetativo, ou em declínio. Seus integrantes têm, em média, renda e grau de escolaridade maiores que os dos Pentecostes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário